Históricamente os pequenos agricultores e aqueles envolvidos na Agricultura Familiar mantem grande vínculo com a CATI, não só com a Assistência Técnica, mas, também com o DSMM, departamento responsável pelas Sementes e Mudas de adequada tecnologia para estes produtores.
Com a mudança das tecnologias de comunicação e o uso de material educativo em vídeos disponibilizados na Web, as informações chegam ainda mais rapidamente  e podem ser revistas, ajudando as novas gerações a incrementar conhecimento e multiplicá-lo.
Sem o apoio da CATI seria impossível fazer previsões de safra e obter os dados de produção e comercialização, e o IEA conta com essa valiosa parceria para fundamentar seus dados e pesquisas.
Acredito que a CATI está fazendo 50 anos de idade renovada e caminhando para novos tempos, está mais ágil e objetiva, valorizando seu pessoal altamente capacitado  e se comunicando ainda melhor. Parabéns para a equipe CATI. Sucesso!

Alberto Amorim, coordenador das Câmaras Setoriais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo